"Deveríamos ser capazes de recusar-nos a viver se o preço da vida é a tortura de seres sensíveis". Gandhí
"Um ser humano é parte do todo, que nós chamamos de Universo, uma parte limitada em tempo e espaço. Ele experiencia a si mesmo, seus pensamentos e sentimentos, e algumas vezes se separa do resto - uma espécie de ilusão ótica de sua consciência. Esta ilusão é uma espécie de prisão para nós, nos restringindo aos nossos desejos pessoais e à nossa afeição pelas poucas pessoas mais próximas a nós. Nossa tarefa precisa ser libertar-nos desta prisão a partir da ampliação do nosso círculo de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e toda a natureza em sua beleza. Ninguém é capaz de alcançar isso completamente, mas a aspiração por tal realização é em si mesma parte da libertação e um fundamento para a tranqüilidade interior.- Albert Einstein (1879-1955), New York Post, 28 November 1972.



Namastê!

Bon Apetit!

5 de março de 2010

Coxinha de palmito - com massa nhoque

Bom, sobrou massa, o que fazer!? COXINHAAAA!!!!

Nada como uma boa fritura engordante de vez em quando né!? *-*



A massa é a do nhoque que postei anteriormente, com a receita do Veg Vida. E o recheio: palmito.

Basta temperar o palmito com orégano, um tico de sal marinho, azeite, dá também pra encrementar com um tomatinho (huuum tomate com palmito é tudo de bom!) e o que mais a inspiração indicar.

Dá pra variar os recheios, usar soja desfiada, azeitonas, tomate seco, milho. Sem contar que não precisa ser "coxinha" pode ser risolis, bolinhas, corações o que quiser.

Depois de recheado e moldado o processo é o seguinte:

1- Molhe o salgadinho na misturinha de trigo e água (2 colheres de sopa de trigo para 1/4 de copo de água. A mistura deve ficar bem molhinha, mas não aguada, se necessário acrescente mais água, mas com moderação)

2- Passe pela farinha de rosca (que pode ser feita com pão duro passado no ralador - eu prefiro assim)

3- Novamente pela massinha

4- Finalize com a farinha de rosca

5- Frite em óleo quente até dourar e bom apetite!


A massa é mais suave que a da coxinha que eu faço, lembra bastante a massa de coxinha feita com leite. Eu não substituiria a que faço por esta, não gosto desse tipo de massa pra salgadinho pois gruda um pouco no céu da boca se não for bem feita, mas tem quem goste, Além de ser uma alternativa ligeirinha pra aproveitar a massa de nhoque que sobrou! ;]
Fica dica!

6 comentários:

Juliana disse...

nossa, parece deliciosa !!! eu gosto desse tipo de massa, que gruda no céu da boca, então devo gostar! haeuhaeuhae

Roberta disse...

Frô, experimenta fazer a massinha pra empanar com metade ou mais de amido de milho, as vezes eu faço só com ele. A casquinha fica mais crocante e sequinha do que quando se faz só com farinha!
Bjosss!

Taisa disse...

Olá, Laila, muito prazer.

Conheci seu blog recentemente e adorei.
Também tenho um blog com receitas vegetarianas, que, além de receitas, trata de assuntos como yoga, meditação, etc.
Se você quiser visitar, será uma honra.

O endereço é:

http://oyogadiario.blogspot.com

Um abraço,

Taisa Cruz

Renata Prado disse...

Menina, estou aguando até agora com essa receita! Assim que der vou fazê-la com certeza!

(vi que vc passou pelo cozinha vegan... estou voltando a postar, finalmente)

Bjos

JanuskieZ disse...

Hi... Looking ways to market your blog? try this: http://bit.ly/instantvisitors

LaGama disse...

Experimenta então Juliana! Aposto que vc vai gostar, ela é bem saborosa!

***

Roberta, dá próxima vez vou testar, obrigada pela dica!!

***

Taisa

Que bacana! Também pratico yoga, com certeza fazer vizitas por lá! Seja bem vinda ao Veg Chica e obrigada pela dica do blog! ;]

***

Renata, que bom que voltou a postar, afinal comida vegana nunca é demais não é mesmo!? rsrsrs...

***

Bjo a todos e obrigada ppela visita!!

Laila Gama - Veg Chica

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails