"Deveríamos ser capazes de recusar-nos a viver se o preço da vida é a tortura de seres sensíveis". Gandhí
"Um ser humano é parte do todo, que nós chamamos de Universo, uma parte limitada em tempo e espaço. Ele experiencia a si mesmo, seus pensamentos e sentimentos, e algumas vezes se separa do resto - uma espécie de ilusão ótica de sua consciência. Esta ilusão é uma espécie de prisão para nós, nos restringindo aos nossos desejos pessoais e à nossa afeição pelas poucas pessoas mais próximas a nós. Nossa tarefa precisa ser libertar-nos desta prisão a partir da ampliação do nosso círculo de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e toda a natureza em sua beleza. Ninguém é capaz de alcançar isso completamente, mas a aspiração por tal realização é em si mesma parte da libertação e um fundamento para a tranqüilidade interior.- Albert Einstein (1879-1955), New York Post, 28 November 1972.



Namastê!

Bon Apetit!

14 de janeiro de 2009

Bolinhos de Baunilha


Bolinhos de Baunilha
170g de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento químico
uma pitada de sal
140g açucar mascavo claro [usei o refinado mesmo]
1 colher (chá) essência de baunilha
2 colherres (sopa) óleo vegetal
1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco [usei de maçã]
240ml de água

1 - Preaqueça o forno a 180ºC. Forre 12 formas de empadas ou uma assadeira para muffins com 12 forminhas grandes de papel.
2 - Peneire a farinha, o fermento e o sal numa tigela. Adicione o açúcar.
3 - Acrescente o restante dos ingredientes e bata até obter uma massa homogênea e líquida.
4 - Com uma concha, derrame a massa nas forminhas, enchendo até quase o topo. Asse por 20 minutos até a massa crescer e ficar firme.
5 - Deixe os bolinhos num aramado para esfriarem.
Livro: Viva sem AlergiaAlice Sherwood






3 comentários:

Tatiana disse...

Ai, Laila, cada bolinho mais lindo q o outro... ;)

Parabéns! Seu blog tá cada vez melhor.
beijos!

Hipoglicemia disse...

Estou escrevendo pra te agradecer muito por esta excelente receita, ela virou "must-have" aqui em casa. Faço sempre com 100% de farinha integral e adoço com frutose. Fica uma delícia puro, com mirtilos (como você sugeriu em outro post), com cerejas, com passas e substituindo a essência de baunilha por essência de rum, ou ainda substituindo a água por café, ou colcando pedaços de marzipã (receita no cantinho vegetariano) ou castanhas. Não fico mais de duas semanas sem fazê-lo, e todos saem tão diferentes uns dos outros! Esse bolo é um incentivo à criatividade.
Muito obrigada!!!

LaGama disse...

Caramba quantas variações!! hehe adorei as dicas! Obrigada por compartilhar!

Um beijo!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails